Renovação de jogador do Cruzeiro pode melar após início de conversa

O jogador não tem permanência garantida na Toca da Raposa II em 2017. Depois de o vice-presidente de futebol Bruno Vicintin estabelecer contato com Bruno Paiva, empresário do zagueiro, as conversas estagnaram e a sequência do zagueiro bicampeão brasileiro em Belo Horizonte em colocada em xeque.

Ainda é possível que o atleta assine um novo vínculo com o clube que defende desde janeiro de 2013. Contudo, a situação está indefinida e depende de um acordo entre os membros da diretoria e o estafe do jogador.

O atleta deseja permanecer em Belo Horizonte. Entretanto, o que impede é a questão do tempo do novo compromisso. Os mineiros querem um período mais curto, enquanto o jogador pleiteia um acordo longo. Caso não haja desfecho positivo entre as partes, a diretoria deve buscar pelo menos dois atletas para o setor defensivo em 2017.

William Klaus, do Juventude, e Luis Caicedo, do Independiente Del Valle, do Equador, estão na mira da comissão técnica para a temporada que se aproxima. Para contar com a dupla, porém, o Cruzeiro terá que investir.

Bruno Rodrigo não é o único zagueiro do elenco com o contrato próximo do fim. O vínculo de Léo se encerraria em dezembro, mas já houve um acordo para a permanência em até três temporadas. Dedé tem compromisso até abril de 2017. Porém, há conversas para um acordo até o fim do próximo ano.

Fonte: UOL Esporte