Dois problemas que preocupam o Cruzeiro para 2017

Mano Menezes está atento ao mercado. O treinador do Cruzeiro tem preocupação em duas posições para 2017. A liberação de Denílson e as atuações de Lucas e Ezequiel fazem com que o gaúcho sonhe com as chegadas de um volante e um lateral direito.

Nas reuniões (quase diárias) que tem com a diretoria, o técnico informou as preocupações para a próxima temporada. Embora não tenha certeza quanto aos nomes que chegarão à Toca da Raposa II, o comandante busca atletas para estas posições.

Ezequiel e Lucas não convenceram pelo lado direito da defesa. Não é à toa que o volante Lucas Romero foi improvisado na função nos jogos mais recentes. A comissão técnica e a diretoria procuram um nome para reforçar o setor em 2017.

Fabiano, emprestado ao Palmeiras, aparece como a solução mais plausível. O atleta que fez o gol do título do Campeonato Brasileiro neste ano agrada a Mano Menezes. Contudo, a sua utilização depende de conversas com diretoria e comissão técnica. O atleta tem boas chances de retorno à Toca da Raposa na temporada seguinte.

A situação do meio de campo é parecida. Na contenção do setor, a comissão técnica conta somente com três nomes confiáveis: Ariel Cabral, Henrique e Lucas Romero. O uruguaio Federico Gino e o jovem Bruno Ramires ainda não contam com o respaldo da comissão técnica. Ambos precisam de bagagem para ter mais oportunidades.

Willians, que volta de empréstimo do Corinthians, aparece como uma opção para atuar no meio de campo. O comportamento extracampo do volante, no entanto, é uma preocupação. Tanto na Toca da Raposa quanto no CT Joaquim Grava, o atleta teve problemas com festas e bares. Não é à toa que a sua utilização no clube em 2017 é condicionada a este fator.

Enquanto busca nomes para estes dois setores, considerados críticos em 2016, o Cruzeiro deve anunciar uma dupla nesta semana. O lateral esquerdo Diogo Barbosa, atualmente no Botafogo, e o zagueiro Luis Caicedo, do Independiente Del Valle, do Equador, estão próximos de acordo. Ambos já acertaram salários e devem ser confirmados oficialmente até a 38ª rodada do Brasileirão.

Fonte: UOL Esportes