São Paulo quer jogador do Cruzeiro de graça: Será que vale a pena?

Os diretores da equipe do Morumbi alegam que não podem pagar tão caro por um jogador, já que existem outras carências no elenco. O São Paulo procura um atacante de referência que chegue para ser titular.  E, para isso, terá que gastar. Ricardo Oliveira, do Santos, era o alvo, mas não houve acordo entre as diretorias.

Está cada vez mais difícil a permanência do lateral-esquerdo Mena no São Paulo na próxima temporada. O atleta está emprestado até o dia 31 de dezembro e seus direitos pertencem ao Cruzeiro que, inicialmente, pediu R$ 5 milhões para negociá-lo em definitivo, o que não foi aceito pelos Tricolores. Nesta semana, o empresário André Cury procurou a equipe do Morumbi dizendo que seria possível fazer negócio por € 1 milhão (3,6 milhões), com o pagamento sendo feito em quatro parcelas semestrais. O São Paulo também não mostrou interesse. A notícia foi publicada pelo Lance! e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O Tricolor tem interesse em continuar com Mena, mas desde que seja de graça, com o clube pagando apenas pelos seus salários. Essa hipótese é descartada pelo Cruzeiro, já que o chileno tem vínculo até o final do ano que vem. No entender dos dirigentes, Mena poderia também ser substituído por Buffarini, que já atuou improvisado na posição durante o Campeonato Brasileiro.

O jogador não poderá disputar a última partida do nacional, no dia 11, contra o Santa Cruz, no Pacaembu, já que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Ele se reapresentará normalmente com o elenco na próxima terça-feira e depois entrará de férias. Se nada mudar, se reapresentará ao Cruzeiro em janeiro de 2017.

Fonte: Globoesporte.com