Clique e veja o tuíte que Thiago Neves postou hoje e, em seguida, deletou

O meia Thiago Neves, muito próximo de ser oficializado como reforço do Cruzeiro para 2017, utilizou sua conta oficial do Twitter, por volta das 20h30 (de Brasília) desta quarta-feira, para informar que espera acertar toda a sua situação nesta quinta-feira. O jogador não se referiu ao Cruzeiro na mensagem, que logo foi apagada de sua conta oficial. Entretanto, pediu desculpas pela demora, mas informou que “falta pouco”, publicando um coração na cor azul.

– Amanhã se deus quiser fecho tudo, desculpem a demora, mas agora falta pouco! – escreveu o jogador em seu perfil oficial no Twitter.

Thiago Neves já tem o acordo apalavrado com o Cruzeiro, mas falta conseguir a liberação com o Al Jazira, dos Emirados Árabes, com quem tem contrato até junho de 2018. O meia tenta receber salários atrasados do clube estrangeiro antes de acertar a situação. Thiago está sem atuar desde outubro, quando saiu dos planos do Al Jazira. Quem representa o clube mineiro no país árabe é o diretor das categorias de base, Klauss Camara, que é cotado para assumir o posto de diretor de futebol profissional, que está vago desde a saída de Thiago Scuro, em dezembro.

O jogador atuou apenas nas duas primeiras partidas do Al Jazira na temporada, ambas em setembro, e depois ficou no banco no triunfo sobre o Al Sharjah, no meio de outubro. Thiago deixou o Brasil em 2013, quando trocou o Fluminense pelo Al Hilal, da Arábia Saudita. Em seguida, ele se mudou para os Emirados Árabes para jogar sob o comando de Abel Braga no Al Jazira.

Thiago foi revelado pelo Paraná Clube. Depois de passagem pelo Vegatta Sendai, equipe japonesa, ele se transferiu para o Fluminense, onde conquistou a Copa do Brasil de 2007 e foi vice-campeão da Libertadores de 2008. No mesmo ano, deixou o Tricolor para jogar no Hamburgo, da Alemanha. De lá, regressou ao Flu em 2009 antes de seguir para o Al Hilal, da Arábia Saudita. Em 2011, o jogador foi contratado pelo Flamengo, onde conquistou o Campeonato Carioca. No ano seguinte, Thiago regressou ao Fluminense, participando da campanha do título do Brasileirão daquele ano. Em 2013, o meia retornou ao futebol árabe, onde permaneceu nas últimas temporadas.

A diretoria cruzeirense já anunciou a chegada do zagueiro equatoriano Luís Caicedo, que vem do Independiente del Valle, do lateral Diogo Barbosa, ex-Botafogo, e do volante Hudson, que estava no São Paulo.

Fonte: Globoesporte.com