Futuro de Willian no Cruzeiro depende da volta de Marcelo Moreno?

Se o Cruzeiro está perto de anunciar a contratação do meia Thiago Neves, que está se desligando do Al Jazira, dos Emirados Árabes, o time celeste ainda não tem a definição sobre o futuro de dois atacantes: Willian e Marcelo Moreno. O Bigode tem grande chance de ser usado como moeda de troca nesta temporada. Questionado sobre a situação do jogador, o presidente do clube, Gilvan de Pinho Tavares, disse não saber se Willian seguiria no Cruzeiro. Segundo o dirigente, o futuro do atacante está nas mãos do técnico Mano Menezes e do departamento de futebol.

– Não sei. Isso é questão de treinador e departamento de futebol. Nós investimos muito para ter o Willian e ele só sai se for uma compensação financeira boa para o Cruzeiro – disse Gilvan após a missa em celebração aos 96 anos de fundação do clube.

SAIBA MAIS: CRUZEIRO ANUNCIA THIAGO NEVES, MAS RECUA EM REDE SOCIAL

SAIBA MAIS: JOGADOR DO CRUZEIRO É ANUNCIADO OFICIALMENTE POR CLUBE DOS EMIRADOS

Recentemente, o Palmeiras se mostrou interessado em contar com Willian. A equipe paulista está disposta a incluir jogadores na negociação com a Raposa. O atacante chegou à Toca em 2013, cedido por empréstimo pelo Metalist, da Ucrânia. No ano seguinte, a Raposa adquiriu os direitos do jogador por 3,5 milhões de euros. Willian tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2018. Com a camisa celeste, ele marcou 40 gols em 185 partidas.

Marcelo Moreno

Livre no mercado após se desligar do Changchun Yatai, da China, o atacante Marcelo Moreno tem uma proposta do Cruzeiro em mãos. Para contar com o jogador, a Raposa enfrenta a concorrência do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e também de equipes chinesas. O problema são as “luvas”, bônus financeiros ao longo do contrato, que o boliviano está pedindo para assinar. O Cruzeiro quer arcar apenas com os salários do jogador, que estão dentro do teto máximo do clube, sem se comprometer com pagamentos extras. Segundo Gilvan, a decisão depende apenas do próprio jogador.

– Ele (Moreno) tem a nossa proposta. Se aceitar, vai ser jogador do Cruzeiro. Não sei qual é a posição dele (no momento). Se ele atender o pedido que fizemos de não cobrar luvas, porque o salário dele já é muito elevado, nós fazemos questão de trazê-lo para o Cruzeiro. Mas, se ele não atender as condições de clubes do Brasil, é impossível trazê-lo competindo com clubes da China.

Fonte: Globoesporte.com