Jogador assina empréstimo com o Cruzeiro

Durante a apresentação do meia Thiago Neves, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, falou sobre a troca que envolveu o meia Robinho e o atacante Willian com o Palmeiras. Segundo Gilvan, o meio-campo fica na Toca da Raposa pelos próximos três anos, tempo de vigência do contrato dele com o time paulista. Em contrapartida, o Bigode vai em definitivo para o clube alviverde. A rescisão dele com o Cruzeiro foi publicada no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Apresentado nesta quarta-feira em São Paulo, Willian assinou com o Palmeiras por três anos.

Quando a negociação foi anunciada pelas equipes, foi divulgado que a troca valeria até dezembro. A transação também envolveu os laterais Fabiano, que fica em definitivo no Palmeiras, e Fabrício, que volta à Toca da Raposa.

– O Willian era do Cruzeiro, 100%, adquirimos (do Metalist, da Ucrânia). No caso do Robinho, o Palmeiras tem parceiros, o Coritiba tem uma parte e parceiros. O Palmeiras nos pediu um tempo para que pudesse acertar esse problema com os parceiros e aí transferir definitivamente o Robinho ao Cruzeiro.

Segundo o dirigente, Robinho não poderá deixar o Cruzeiro mesmo se o Palmeiras receber uma proposta vantajosa pelo jogador.

– Eles nos deram garantia que o Robinho será do Cruzeiro. Não há possibilidade nesses três anos de o Palmeiras achar um negócio e o Robinho deixar o Cruzeiro.

Fonte: Globoesporte.com