Com 2 gols de Henrique, Cruzeiro bate Caldense e segue invicto na temporada

Não feche a matéria! O vídeo está logo abaixo! O Cruzeiro de Mano Menezes segue organizado, ofensivo e absoluto em seus jogos. Nesta quinta-feira, na vitória por 2 a 1 sobre a Caldense, no Mineirão, o time não precisou da participação efetiva de seu quarteto de frente (Thiago Neves, Robinho, Arrascaeta e Rafael Sobis), mas contou com a inspiração do volante Henrique, que deixou sua marca duas vezes no oitavo triunfo oficial do time em 2017 – foram nove disputados. Wellington Rato descontou para a Veterana no último lance do duelo, já nos acréscimos. Com o resultado, a Raposa alcança os 13 pontos no Campeonato Mineiro e se mantém na cola do líder Atlético, que tem 15.

A partida contra a Caldense, nesta quinta-feira, marcou o início de nova maratona do Cruzeiro neste início de temporada. No próximo domingo, dia 5, o compromisso é diante do América-TO, também pelo Estadual, às 16h, no Nasri Mattar. Na sequência, a equipe enfrenta Murici-AL (Copa do Brasil, 8/03); América (Estadual, 12/03); Murici-AL (Copa do Brasil, 15/03) Tombense (Estadual, 19/03); Joinville (Primeira Liga, 21/03) e Uberlândia (Estadual, 26/03).

Assista aos melhores momentos:

O jogo

Apesar de sofrer desde os minutos iniciais para entrar na área adversária diante do ferrolho criado pela desfalcada Caldense, que perdeu jogadores com intoxicação alimentar, o Cruzeiro voltou a mostrar muita organização em todos os setores. Com linhas muito próximas, o time trocou passes com facilidade e se apresentou para recuperar a bola no mesmo momento que perdia sua posse. Assim, a Veterana praticamente não conseguiu ultrapassar o meio do campo até os 10’.

 Com amplo domínio de posse de bola nos primeiros 20’ (65% a 35%), o Cruzeiro conseguiu traduzir isso em chance clara de gol aos 26’, com Arrascaeta. O uruguaio recebeu lançamento na área e, de primeira, finalizou nas mãos de Neguete. Dois minutos depois, Thiago Neves também conheceu o potencial do goleiro rival, em bonito chute de fora da área. Na terceira tentativa, enfim, bola na rede. Robinho cobrou escanteio, Ariel desviou e Henrique, na segunda trave, cabeceou para o gol. 1 a 0.

Também após cobrança de escanteio de Robinho, aos 37’, Henrique aproveitou a sobra de Neguete, que rebateu finalização de Manoel, e cabeceou para marcar seu segundo na noite e ampliar a vantagem celeste. 2 a 0. A importância dos treinamentos na Toca foi comprovada com os dois gols da primeira etapa. Nessa sexta-feira, Mano Menezes separou a maior parte do treinamento para ensaiar as jogadas de escanteio, fundamentais na partida pelo Estadual.

Em ritmo menos intenso de marcação, avançando com menos frequência a primeira linha quando esteve sem a bola, o Cruzeiro voltou para a segunda etapa esperando a Caldense buscar o jogo. Sem qualquer criatividade, porém, o time de Poços de Caldas aceitou o marcador, não agrediu a Raposa e jogou claramente para não levar uma goleada no Mineirão. A finalização sem muito perigo de Álvaro, aos 36’, foi motivo de comemoração antes do gol de desconto, no último lance da partida. Wellington Rato recebeu lançamento de Thiago Carpini e tocou sobre o goleiro Rafael. 2 a 1.

CRUZEIRO 2 X 1 CALDENSE

CRUZEIRO
Rafael; Ezequiel (Mayke), Leo, Manoel e Diogo Barbosa (Fabrício); Henrique, Ariel Cabral, Robinho e Thiago Neves (Alisson); Arrascaeta e Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes.

CALDENSE
Neguetti; Jean Michel, Thiago Caprini, Hélio e Rafael Estevam; Eduardo Mineiro, Hygor (Álvaro), Leandro Oliveira (Wellington Rato) e Diego Clementino; Zambi e Rafamar (Edu). Técnico: Thiago Oliveira.

Gols: Henrique (aos 31’ e aos 37’ do 1ºT); Wellington Rato (aos 48′ 2º T)
Cartões amarelos: Diogo Barbosa (Cruzeiro); Eduardo Mineiro, Zambi (Caldense)

Público pagante: 9.328
Público presente: 11.311
Renda: R$185.701,00

Motivo: quinta rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Mineirão
Data e horário: 2 de março de 2017 (quinta-feira), às 20h30
Árbitro: Jerferson Antônio da Costa
Assistentes: Breno Rodrigues e Douglas Almeida Costa

Fonte: Superesportes