“Em 2014, contratei o Michel Bastos para o Cruzeiro”, revela Alexandre Mattos

Em 2014, sob a direção de Alexandre Mattos, o Cruzeiro foi bicampeão seguido do Campeonato Brasileiro. A equipe mineira montou um elenco muito forte, mas de acordo com o atual diretor do Palmeiras, iria reforçar mais ainda o contratando Michel Bastos, hoje, jogador do Verdão.

Em participação no programa Aqui com Benja!, da Fox Sports, Alexandre Mattos revelou que havia contratado Michel Bastos para o Cruzeiro em 2014, mas que problemas na venda de Egídio para o futebol ucraniano impediram a transação.

Em 2014, Alexandre Mattos fazia seu último ano como diretor de futebol do Cruzeiro. Na montagem do elenco do campeão brasileiro daquele ano, o diretor contratou Michel Bastos para a lateral esquerda do clube. Entretanto, contava com a venda de Egídio para o futebol ucraniano. Porém, com a eclosão da guerra no país europeu, o jogador preferiu continuar no time mineiro acabando com a pretensão de Alexandre contratar Michel.

“Em 2014, eu tinha contratado o Michel Bastos para o Cruzeiro. E aí o Egídio tinha sido vendido para a Ucrânia, e dois dias depois a guerra explodiu lá. E o Egídio não quis ir. O Michel ia para o Cruzeiro, então eu tive que ligar para ele e falei: “Cara, vou ficar te devendo, mas não posso te trazer. Eu tenho muitos jogadores. O Egídio ia, mas não vai mais. Eu não posso te trazer”.”, revelou.

Logo depois, Alexandre falou que conversou com o lateral-esquerdo antes da contratação dele pelo São Paulo. O diretor palmeirense admitiu que a chegada de Michel Bastos no elenco tricolor foi fundamental para a melhora da equipe na temporada daquele ano, chegando a inclusive, incomodar o Cruzeiro.

Aí ele me disse que tinha uma proposta do São Paulo e eu falei: “Se o seu coração estiver mandando, pode ir, mas não posso trazer agora. Mas um dia você vai trabalhar comigo. Você é um p… profissional”. Até puxei a orelha dele, o São Paulo estava meio devagar, na hora que ele entrou lá, o time incomodou o Cruzeiro. A gente foi campeão, mas o São Paulo chegou com o Kaká, Michel, Kardec, incomodou bastante. Mas eu falei pra ele, eu tinha essa dívida com ele”, admitiu.

Atualmente, tanto Michel Bastos, quanto Egídio são jogadores do Palmeiras e trabalham com Alexandre Mattos. Enquanto Michel ficou até a temporada passada no São Paulo sendo contratado este ano, Egídio foi contratado pelo Verdão em 2015, na metade do ano.

Fonte: Torcedores.com