Perrella critica diretoria do Cruzeiro: “Estão deitando e rolando em cima da gente”

Pré-candidato à presidência do Cruzeiro, o senador Zezé Perrella (PMDB) criticou a diretoria do clube nas redes sociais. “Estão deitando e rolando em cima da gente! Essa federação, polícia militar e atleticanos… mas essa graça vai acabar! Tô voltando! [sic]”, escreveu.

No texto, Perrella se referiu aos bastidores dos clássicos entre Atlético e Cruzeiro que decidirão o Campeonato Mineiro. A Polícia Militar já se posicionou e vetou duas torcidas no Independência – neste caso, apenas os atleticanos estariam presentes no Horto, no dia 7 de maio. O arquirrival do Cruzeiro, contudo, ainda não definiu o estádio no qual mandará a finalíssima. Já a Federação Mineira de Futebol (FMF) virou motivo de reclamação dos cruzeirenses por seus posicionamentos recentes.

Zezé Perrella anunciou sua pré-candidatura à presidência do Cruzeiro no dia 22 de fevereiro. O senador posou ao lado da taça da Copa Libertadores de 1997 e, no texto divulgado em redes sociais, adotou discurso de “renovação” e “avanço”.

 “Escolhi a data de hoje, meu aniversário (22 de fevereiro), para dar uma notícia. Em ocasiões assim sempre pensamos em o que podemos fazer para renovar e avançar. Sou pré-candidato a Presidência do Cruzeiro [sic]”, disse.

“Tenho conversado com conselheiros do Cruzeiro, da nova e da antiga geração e recebi apelos pedindo a minha volta a presidência [sic]”, prosseguiu.

O pleito que definirá o sucessor de Gilvan de Pinho Tavares para os próximos três anos ocorrerá no final de 2017. A eleição, no entanto, ainda não tem data definida. Perrella já havia expressado a vontade de retornar à presidência, cargo que ocupou em duas ocasiões: 1995 e 2002 (três mandatos) e 2009 e 2011 (um mandato).

Respostas nas redes

O Twitter do ex-presidente teve vários compartilhamentos, mas também foi criticado por muitos cruzeirenses. “Quando teve oportunidade de fazer algo naquele assalto que foi o Cruzeiro x Corinthians em 2010, você não fez. Pq acha que vai fazer agora? [sic]”, questionou um dos torcedores. Outros celebraram: “Vou comemorar como se fosse um título!”

Fonte: Superesportes