Ex-Cruzeiro, Marlone explica foto polêmica em provocação ao Atlético-MG

 Apresentado no último dia 28 como novo reforço do Atlético-MG, o meia Marlone já precisou dar explicações para a torcida alvinegra sobre uma foto polêmica que tem rendido muitos comentários nas redes sociais. Quando defendeu a Raposa em 2015, o jogador tirou uma foto fazendo o número seis com as mãos, uma alusão à goleada de 6 a 1 sofrida pelo Galo em 2011, quando na ocasião a Celeste precisava do resultado para escapar do rebaixamento no Brasileirão.

Após o clássico deste sábado que terminou com a derrota do Atlético por 2 a 1, no estádio do Mineirão, Marlone foi questionado a respeito do tema e afirmou que tudo não passou de uma brincadeira e valoriza o respeito por todas as camisas que vestiu até hoje em sua carreira.

“Ah, cara, isso é mais coisa de torcedor mesmo. Eu jamais vou desrespeitar outro time. Eu respeito a história de todos os clubes que passei. Mas, aquilo ali foi mais coisa de torcida mesmo, como tem outros casos de jogadores que fazem história num clube, depois jogam no outro. Então, foi mais coisa de torcida mesmo”, respondeu Marlone ao Globoesporte.com.

No Estado de Minas Gerais é muito comum encontrar cruzeirenses e atleticanos provocando um ao outro em relação à goleadas históricas sofrida por ambos os clubes. Pelo lado do Galo, por exemplo, a zoação fica por conta do 9 a 2 em cima da Raposa em 1927. Marlone não esconde que pretende fazer o gesto agora em favor do seu time atual.

“Vai chegar o momento (de fazer um nove com as mãos), a hora certa. Mas eu prefiro zoar, no bom sentido, dentro de campo. Corresponder fazendo gols, dando alegria para a torcida, porque isso deixa o futebol mais bonito’, finalizou.

Marlone fez a sua estreia neste fim de semana justamente diante do Cruzeiro. No entanto, com um atleta a menos em campo (expulsão de Fred), pouco conseguiu fazer para evitar o revés.

Fonte: Torcedores.com