Suspenso! Veja a punição recebida por Fred pela expulsão no clássico contra o Maior de Minas

O atacante Fred, do Atlético, foi julgado na noite desta terça-feira pela expulsão no clássico contra o Cruzeiro, pela 10ª rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro, e acabou punido com quatro jogos de suspensão pela Quarta Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG). Por 3 votos a 2, ele foi incurso no artigo 254 A (agressão física) por atingir o zagueiro Manoel com um soco.

A suspensão de quatro jogos é a pena mínima prevista pelo artigo em questão.

Como Fred já cumpriu uma partida de suspensão diante da Caldense, na última rodada da fase de classificação, ele, a princípio, desfalcará o Atlético nos jogos contra a URT de Patos de Minas, pelas semifinais, e também num eventual jogo de ida da grande decisão.

O diretor jurídico de Atlético, Lásaro Cunha, informou após o julgamento que o clube recorrerá da decisão já nesta quarta-feira. Ao Atlético cabe ainda o pedido de efeito suspensivo.

 “O recurso vai para o Tribunal Pleno, daqui mesmo (TJD-MG), e esse recurso eventualmente existiria a possibilidade de efeito suspensivo, mas o Atlético vai avaliar se faremos ou não o pedido de efeito suspensivo. O efeito é automático. Ele teria que cumprir duas partidas (o mínimo), e aí estaria livre se deferido o efeito suspensivo, que é automático. Mas o Atlético vai avaliar. O Atlético vai recorrer amanhã mesmo”, disse.

“A decisão (de hoje) foi completamente equivocada, e o Atlético vai interpor o recurso no tempo devido. Apesar de ter sido julgado, que foi por maioria, 3 a 2, o Atlético considera que a comissão, os auditores que votaram pela condenação em quatro jogos se equivocaram. Aliás, um auditor chegou a afirmar que não viu a bola. Então, o Atlético vai tomar as medidas, interpondo o recurso cabível”, alegou.

Por fim, Lásaro lembrou que há jurisprudência para absolver Fred. “Pelo espetáculo que o Manoel fez na jogada, não aconteceu absolutamente nada, foi um tapa, nem percebendo que ele estava atrás. Na disputa de bola, há muitas decisões sobre isso. Em havendo disputa de bola, a bola estava no alto… aí houve a prova de vídeo e um dos julgadores disse que não viu a bola. A bola vem do alto. O Atlético confia que, em grau de recurso, essa decisão tem que ser reformada”, concluiu.

No julgamento, o relator Thiago Lenoir Moreira votou pela desclassificação de Fred para artigo mais leve, o 254, com suspensão de três partidas. Ele foi acompanhado pelo auditor Walter Lúcio Alves de Freitas. A favor da pena mínima do artigo 254 A, mais pesado, relativo a agressão, votaram os auditores Sérgio Daltro Coutinho, André Bernardes de Castro e o presidente da Quarta Comissão Antonio Sadi Júnior.

Também nesta terça, a Quarta Comissão absolveu o Cruzeiro de denúncia da Procuradoria do TJD por supostamente retardar a reposição de bola. Um dos gandulas do clássico, no entanto, foi advertido.

Fonte: Superesportes