Clube italiano faz nova investida por jogador do Cruzeiro, mas diretoria trata como ‘piada’

Depois de tentar levar o jogador por empréstimo no fim da última temporada, o Genoa voltou a fazer uma investida pelo meia-atacante Alisson. A informação foi publicada pelo Uol e confirmada pela reportagem. O Superesportes apurou que desta vez, porém, a equipe italiana realizou uma oferta de 800 mil euros por 100% dos direitos econômicos do jovem atleta, de 23 anos. A proposta foi motivo de chacota no Cruzeiro, que rechaçou qualquer hipótese de negociação e respondeu que aquele “não poderia ser um documento sério”.
Além de não ter interesse na negociação, o Cruzeiro está em vias de anunciar a renovação de contrato de Alisson. O vínculo atual vai até o meio da próxima temporada. Em entrevista coletiva no início da semana, Gilvan de Pinho Tavares se mostrou otimista com as tratativas, que chegaram a dar uma estagnada, mas avançaram nos últimos dias.

“Tem sim uma negociação. O Alisson tem contrato, é um jogador que já precisamos tentar prorrogar o contrato. Prata da casa. Estamos conversando para ver como está, o Klauss (diretor de futebol) me passou algumas coisas e alguns fatos, mas está caminhando. Dentro de pouco tempo vocês terão respostas disso”, disse o mandatário.
Revelado na base, o jogador, natural de Rio Pomba, na Zona da Mata mineira, voltou à boa forma nesta temporada, ainda que não seja titular absoluto do técnico Mano Menezes. Um dos poucos homens do ataque que tem o drible como arma, Alisson soma 31 jogos na temporada, com três gols e quatro assistências.
Possivelmente com Alisson entre os relacionados, o Cruzeiro entra em campo nesta segunda-feira, às 20h, em duelo diante do Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. Mano Menezes faz mistério sobre a escalação, mas é provável que o jovem meia-atacante volte a ter oportunidade entre os titulares, uma vez que teve desempenho destacado nos dois últimos jogos, quando recebeu oportunidade na etapa final.

O empresário de Alisson, Nick Arcuri, não respondeu aos contatos do Superesportes.

Fonte: Superesportes