Gilvan fala em mais reforços, brinca com “caso Ábila” e minimiza sondagens a Fábio

A novela entre Cruzeiro e Huracán-ARG ainda rende capítulos. Na tarde desta terça-feira, o presidente Gilvan de Pinho Tavares brincou com a situação entre as equipes. O dirigente explicou que o Cruzeiro estava pagando para o time argentino, mas que o presidente do do Globo, como é conhecido o Huracán, resolveu ir a Fifa cobrar pelos valores restantes do atacante. Dinheiro esse que o Cruzeiro já afirmou não ter em caixa agora. Em tom de brincadeira, Gilvan disse que vai dar o troco.

– Eu vejo como falta de habilidade do clube. Estávamos negociando, pagando e ele tratando como se a gente não merecesse respeito. Ele disse que levaria para a Fifa, e eu falei para levar. Como ele fez raiva na gente, vamos fazer ele esperar.

Em meio a sondagens de outros clubes sobre o atleta, Gilvan afirmou que Ábila não tem um preço definido para sair do Cruzeiro. Ele ainda disse que o atacante vem se valorizando e que não tem interesse de vendê-lo, a não ser que a proposta seja muito alta.

– Quanto mais gols fizer, maior o preço. Não podemos fixar agora. Ele pode fazer mais gols e valer mais. Sei que é um jogador que está sendo monitorado por outros clubes, mas acho difícil sua saída. A não ser que seja uma oferta irrecusável. Ele foi muito caro. Precisamos dele no Cruzeiro e dos gols dele. Preço não se fala, ainda mais sendo um jogador de preço alto como ele.

Quem também recebeu sondagens recentes foi o goleiro Fábio. Gilvan, no entanto, minimizou os rumores. Ele afirmou que o goleiro está há muitos anos no clube e que quando parar de jogar futebol, provavelmente vai continuar na Toca da Raposa, em alguma função interna.

 – Não (sobre Fábio sair do clube), e tenho certeza que, conhecendo o Fábio, nem adianta sondar. Ele tem relação umbilical com o Cruzeiro. Está estabilizado em Belo Horizonte, sua família também. Fábio é uma dessas pessoas que tenho certeza que, quando parar de jogar, mas vai continuar ajudando no clube. Ele está aqui desde 2005, é ídolo da torcida do Cruzeiro. Tenho certeza que ele não aceitaria. Especulado ele foi, mas tenho certeza que não aceitaria. Não só digo isso, como ele se recuperou da lesão e voltou ao time titular. Está com forma melhor que poderia. Está pegando demais. Tomara que fique por muito mais tempo

Renovação e contratações

O Cruzeiro ainda não anunciou, mas o atacante Alisson já está renovando contrato com a equipe. O presidente afirmou que por ser prata da casa, o valor de Alisson para o clube é ainda maior. Ele garantiu que Klauss Câmara, diretor de futebol da Raposa, já está conversando com o atleta.

– Tem sim, o Alisson tem contrato até ano que vem com o Cruzeiro. É um jogador que temos que prorrogar o contrato devido ao seu valor, por ser prata da casa. Já estamos conversando para prorrogar. Em que pé estamos, o Klauss me passou alguns fatos. Está andando, daqui um tempo vocês terão resposta disso.

Não vou dizer que está fechado (o elenco), a competição está sacrificando muitos atletas. Nossas aspirações são muito grandes. Quero o melhor para o Cruzeiro, se precisar, vamos buscar no mercado.

Depois de apresentar o atacante Sassá na Toca da Raposa, o presidente afirmou que não pode dizer ao certo se esta foi a última contratação do clube na temporada, ou se outros nomes ainda vão chegar ao centro de treinamento cruzeirense. No entanto, ele afirmou que, apesar dos desfalques na zaga, o clube não tem feito nenhuma negociação, mas que o clube está atento ao mercado.

 – Futebol não pode ter uma palavra como a última contratação. Podem acontecer muitas coisas. Estamos vendo contusões, falaram que a gente tinha que correr e contratar um zagueiro, mas o Murilo, que subiu da base, veio e deu conta do recado. Tem o Artur, que também tem condição de ser usado. Evidentemente, não podemos dizer que fechamos as portas para contratação, principalmente se for atleta que vem para somar e disputar a titularidade. Não vou dizer que está fechado (o elenco), a competição está sacrificando muitos atletas. Nossas aspirações são muito grandes. Quero o melhor para o Cruzeiro, se precisar, vamos buscar no mercado.

(*) com supervisão de Diogo Finelli

Fonte: Globo Esporte