Jogadores do Cruzeiro destacam caráter decisivo do jogo contra o Palmeiras e minimizam vantagem celeste

É hora de ‘virar a chave’ no Cruzeiro e esquecer a derrota para o Avaí. A ordem agora é focar no jogo contra o Palmeiras, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão. Os jogadores celestes caracterizaram a partida como uma decisão e minimizaram a vantagem que o time tem no duelo.

A perda do título mineiro e a eliminação precoce na Copa Sul-Americana para o Nacional-PAR, tornaram o duelo contra o Palmeiras ainda mais importante para o Cruzeiro. Irregular no Brasileiro, o clube celeste está na 9ª colocação, com 22 pontos, 18 a menos que o líder Corinthians, e a Copa do Brasil parece ser a chance mais real de a equipe conquistar um título de expressão nesta temporada.

O volante Henrique, capitão do time, avaliou o confronto e ressaltou o caráter decisivo da partida. “Fácil nunca é. É um jogo decisivo. Teremos o apoio do nosso torcedor, o que é importante. Vamos unir nossas forças com o torcedor para fazer um excelente jogo e passar para a próxima fase, que é nosso objetivo. Assim que vamos encarar, assim que vamos para o jogo”, afirmou.

A partida de ida, na Arena Palmeiras, terminou empatada em 3 a 3. Na volta, o time de Mano Menezes jogará por um empate em até 2 a 2 para se classificar às semifinais da competição. Apesar da pequena vantagem celeste, Romero destaca que a equipe entrará em campo em busca do triunfo contra os paulistas.

“A gente sabe que temos vantagem. Mas para nós é importante vencer o jogo. Acho que mata-mata se tem dois tempos. No primeiro conseguimos um empate no campo deles. E agora é o segundo tempo. Na quarta-feira, temos possibilidade de empatar”, ressaltou o argentino.

Para o duelo desta quarta, o principal desfalque será o atacante Sassá. Titular nos últimos dois jogos do Cruzeiro, contra Fluminense e Avaí, ele chegou ao Cruzeiro após o período de inscrição de atletas na Copa do Brasil. Em contrapartida, Mano Menezes ganha as opções do zagueiro Manoel e do meia-atacante Arrascaeta, recuperados de lesão.

Fonte: Super Esportes