Mano avalia vitória sobre Atlético-PR como a melhor ‘atuação tática’ do Cruzeiro na Série A

Firme na marcação e eficiente no ataque: foi assim que o Cruzeiro se mostrou na vitória sobre o Atlético-PR por 2 a 0, nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao analisar o triunfo em Curitiba – que colocou a equipe em quinto lugar, com 20 pontos –, o técnico Mano Menezes destacou a melhor atuação de seus comandados com relação à parte tática.
“Ao meu ver fizemos taticamente a melhor atuação no Campeonato Brasileiro, num lugar onde sempre foi muito difícil para todo mundo jogar, mesmo com o Atlético-PR enfrentando este momento. (O Atlético-PR) Foi uma equipe organizada, que trabalhou bem a bola e procurou espaço, e o Cruzeiro quase nunca deu esses espaços. Então isso é sinal de evolução e me deixa contente, pois é atrás disso que estamos trabalhando. Sabíamos que uma hora ia acontecer por tudo que estamos vivendo diariamente, e o futebol é muito caprichoso, ele testa a gente a ser persistente naquilo que a gente acredita. Hoje a gente leva para casa uma vitória importantíssima que dá três pontos  num momento importante do campeonato e caminha, se Deus quiser, com a nossa competência e a competência de todo mundo, para permanecer no grupo de cima do campeonato”, disse o treinador.
As estatísticas da partida mostraram o Atlético-PR com 61% de posse de bola, mas sem as condições de criar jogada de grande perigo. Tanto que o goleiro cruzeirense Fábio não fez uma defesa difícil durante os 90 minutos. Diferentemente de Weverton, que, além dos dois gols sofridos, precisou intervir em chute de longa distância do volante Lucas Silva – a redonda ainda explodiu no travessão.
Para Mano Menezes, a postura do Cruzeiro foi clara: defendeu-se com afinco nos momentos em que o adversário procurava espaço para produzir e aproveitou quando esteve no campo ofensivo. O treinador comemorou ainda o fato de a equipe não ter sofrido gols, o que dará confiança à tão criticada zaga – agora com Leo e Murilo consolidados.
“(O time teve) Mais maturidade para saber enfrentar os diferentes momentos de um jogo. Sempre digo que em jogos grandes tem momentos nossos e dos adversários. Você tem que saber enfrentar o momento do adversário, e o Cruzeiro melhorou nisso. Foi mais sólido defensivamente. Tomamos um gol em dois jogos, estamos trabalhando para estancar o número grande de gols que estamos sofrendo, voltamos a ser a equipe do início do Campeonato Brasileiro, e isso vai sustentando a equipe e dando a segurança de que quando ela fizer um ou dois gols, ela sustentará as vitórias como a de hoje”.

Com duas vitórias seguidas na Série A, o Cruzeiro chegou a 20 pontos e subiu para a quinta colocação, a três pontos do vice-líder provisório Santos. No próximo domingo, às 16h, o time enfrentará o Flamengo, no Mineirão, que deverá receber grande público em virtude da recuperação celeste na tabela do Brasileiro.