Título da Copa do Brasil e boa campanha no Brasileiro podem fazer Cruzeiro dar salto no ranking de clubes da CBF; veja as projeções

Campeão da Copa do Brasil e com vaga garantida na fase de grupos da Copa Libertadores de 2018, o Cruzeiro tem vários motivos para fazer boa campanha no Campeonato Brasileiro. Além da chance de faturar de acordo com a posição final na tabela, a Raposa pode dar salto no ranking nacional de clubes da Confederação Brasileira de Futebol ao término da temporada. Em 2016, a entidade máxima do futebol brasileiro divulgou a classificação com o time celeste em sexto lugar: 14.202 pontos.

O pentacampeonato da Copa do Brasil certamente fará a Raposa subir no ranking. Os 600 pontos referentes à conquista do ano vigente serão multiplicados por cinco, totalizando 3.000. Também entrarão na lista, mas com peso menor, os troféus dos Campeonatos Brasileiros de 2013 (x1) e 2014 (x2), a final da Copa do Brasil de 2014 (x2) e a semifinal da Copa do Brasil de 2016 (x4). É que a Confederação considera os resultados obtidos nos cinco anos anteriores.

A atual quinta colocação no Brasileiro daria ao Cruzeiro 552 pontos, que também seriam multiplicados por cinco: 2.760. E a temporada 2012, de resultados bastante modestos para o clube – nono lugar na Série A e oitavas de final na Copa do Brasil –, sairia de cena. Assim, o Cruzeiro chegaria a 15.288 pontos, número superior aos atuais 15.038 pontos do atual líder Grêmio (veja a distribuição abaixo e o critério da CBF).

Cruzeiro (atual 6º, com 14.202 pontos)

Projeção para 2017: 15.288 pontos

Campeão da Copa do Brasil 2017: 600×5 = 3.000
5º lugar no Brasileiro 2017: 552×5 = 2.760

Semifinalista da Copa do Brasil 2016: 450×4 = 1.800
12º lugar no Brasileiro 2016: 496×4 = 1.984

Oitavas de final da Copa do Brasil 2015: 200×3 = 600
8º lugar no Brasileiro 2015: 528×3 = 1.584

Finalista da Copa do Brasil 2014: 480×2 = 960
Campeão Brasileiro 2014: 800×2 = 1.600

Oitavas de final da Copa do Brasil 2013: 200×1 = 200
Campeão Brasileiro 2013: 800×1 = 800

Critério de pontuação do ranking da CBF

1- Ano vigente (2017): Pontos x 5
2- Ano imediatamente anterior (2016): Pontos x 4
3- Ano anterior (2015) Pontos x 3
4- Ano anterior (2014) Pontos x 2
5- Ano anterior (2013) Pontos x 1

Oponentes

É preciso ressaltar que as equipes que estão acima do Cruzeiro também vão somar no ranking. O Corinthians, por exemplo, ganharia 4.000 pontos pelo possível título do Brasileiro e 500 por ter ido até a quarta fase da Copa do Brasil. Já o Grêmio alcançaria 2.250 pela semifinal da Copa do Brasil e 3.000 pela terceira colocação na elite nacional. Como ficaria caso o ano de 2017 acabasse hoje? O Superesportes calculou as projeções dos clubes mencionados acima e de Palmeiras, Santos e Atlético – que também pontuaram mais que o Cruzeiro de 2012 e 2016, conforme os critérios da CBF.

Grêmio (atual 1º, com 15.038)
 
Projeção para 2017: 15.292 pontos
 
Semifinalista da Copa do Brasil 2017: 450×5 = 2.250
3º lugar no Brasileiro 2017: 600×5 = 3.000
Campeão da Copa do Brasil 2016: 600×4 = 2.400
9º lugar no Brasileiro 2016: 520×4 = 2.080
Quartas de final da Copa do Brasil 2015: 400×3 = 1.200
3º lugar no Brasileiro 2015: 600×3 = 1.800
Oitavas de final da Copa do Brasil 2014: 200×2 = 400
7º lugar no Brasileiro 2014: 536×2 = 1.072
Semifinalista da Copa do Brasil 2013: 450×1 = 450
Vice-campeão do Brasileiro 2013: 640×1 = 640
Palmeiras (atual 2º, com 14.720)
Projeção para 2017: 14.888 pontos
Quartas de final da Copa do Brasil 2017: 400×5 = 2.000
4º lugar no Brasileiro 2017: 560×5 = 2.800
Quartas de final da Copa do Brasil 2016: 400×4 = 1.600
Campeão Brasileiro 2016: 800×4 = 3.200
Campeão da Copa do Brasil 2015: 600×3 = 1.800
9º lugar no Brasileiro 2015: 520×3 = 1.560
Oitavas de final da Copa do Brasil 2014: 200×2 = 400
16º lugar no Brasileiro 2014: 464×2 = 928
Oitavas de final da Copa do Brasil 2013: 200×1 = 200

Campeão da Série B 2013: 400×1 = 400

Santos (atual 3º, com 14.574)
Projeção para 2017: 15.084 pontos
Quartas de final da Copa do Brasil 2017: 400×5 = 2.000

2º lugar no Brasileiro 2017: 640×5 = 3.200

Quartas de final da Copa do Brasil 2016: 400×4 = 1.600
Vice-campeão Brasileiro 2016: 640×4 = 2.560
Vice-campeão da Copa do Brasil 2015: 480×3 = 1.440
7º lugar no Brasileiro 2015: 536×3 = 1.608
Semifinalista da Copa do Brasil 2014: 450×2 = 900
9º lugar no Brasileiro 2014: 520×2 = 1.040
Oitavas de final da Copa do Brasil 2013: 200×1 = 200

7º lugar do Brasileiro 2013: 536×1 = 536

Corinthians (atual 4º, com 14.328)
Projeção para 2017: 14.076 pontos
Quarta fase da Copa do Brasil 2017: 100×5 = 500
1º lugar no Brasileiro 2017: 800×5 = 4.000
Quartas de final da Copa do Brasil 2016: 400×4 = 1.600
7º lugar no Brasileiro 2016: 536×4 = 2.144
Oitavas de final da Copa do Brasil 2015: 200×3 = 600
Campeão do Brasileiro 2015: 800×3 = 2.400
Quartas de final da Copa do Brasil 2014: 400×2 = 800
4º lugar no Brasileiro 2014: 560×2 = 1.120
Quartas de final da Copa do Brasil 2013: 400×1 = 400

10º lugar no Brasileiro 2013: 512×1 = 512

Atlético (atual 5º, com 14.312)
Projeção para 2017: 14.312 pontos
Quartas de final da Copa do Brasil 2017: 400×5 = 2.000
9º lugar no Brasileiro 2017: 520×5 = 2.600
Vice-campeão da Copa do Brasil 2016: 480×4 = 1.920
4º lugar no Brasileiro 2016: 560×4 = 2.240
Oitavas de final da Copa do Brasil 2015: 200×3 = 600
Vice-campeão do Brasileiro 2015: 640×3 = 1.920
Campeão da Copa do Brasil 2014: 600×2 = 1.200
5º lugar no Brasileiro 2014: 552×2 = 1.104
Oitavas de final da Copa do Brasil 2013: 200×1 = 200

8º lugar no Brasileiro 2013: 528×1 = 528

Liderança e dinheiro no bolso

Levando em conta a projeção de cálculos, o Cruzeiro precisaria ficar pelo menos uma posição abaixo do Grêmio para ultrapassá-lo no ranking nacional da CBF (ex: 4º e 3º ou 3º e 2º). A parte financeira é outro incentivador ao time celeste. A quinta posição renderia R$ 3,85 milhões aos cofres azuis. O campeão ganha R$ 17 milhões; o segundo R$ 10,7 mi; o terceiro R$ 7,3 mi e o quarto R$ 5,3 mi.

No próximo sábado, às 16h, o Cruzeiro terá a oportunidade de dar sequência à busca por esses objetivos. No Mineirão, o time celeste enfrentará a Ponte Preta em jogo antecipado da 28ª rodada.

Fonte: Super Esportes